segunda-feira, 21 de maio de 2018

RÁDIO. A interatividade do ouvinte com o comunicador


Essa é uma foto que nos foi enviada pela Mary Câmara. Nela, o registro feito da ação promovida pelos ouvintes da AM DO POVO (hoje Povo-CBN), num 2 de janeiro na década 80. Estou na foto e reconheço alguns ouvintes, além do Haroldo Holanda, produtor, o primeiro à esquerda. No chão, os meus sobrinhos Rafael Angelo e Juan, o segundo e o terceiro entre os que estão sentados (da esquerda para a direita). Vejo, também, a Lena Belotto, grande amiga já desencarnada e que é a terceira da direita para a esquerda. 

domingo, 20 de maio de 2018

BLOG. Os 10 'posts' mais acessados na semana que passou


RÁDIO. Boda real me faz lembrar que 'matei' a rainha

A RAINHA DA INGLATERRA QUE EU 
MATEI MAS NÃO MORRE NUNCA
originalmente escrito no Facebook

Essa é uma história que já contei N vezes. A do início de minha vida no rádio, em Iguatu, com 14 anos, estagiário na Rádio Iracema e o "fake-news" que eu provoquei. Eu "matei" a Rainha Elizabeth.

Era o ano de 1964 e eu era o responsável pelo noticiário nacional e internacional da rádio. A gente gravava os boletins da Globo, Tupi, Sociedade da Bahia e outras estações e, depois, compilava-os.

Naquela manhã, estava sintonizado na Globo carioca quando a programação é interrompida pela vinheta de "O Globo no ar, em edição extraordinária".

Corro para o gravador - aqueles dinossáuricos Phillips grandes, de fitas Scotch em carretéis enormes e que sempre davam problemas.

As estações do sul chegavam com certa dificuldade no interior. A onda, às vezes, fazia sumir o som, deixando muita coisa imperceptível.

Naquele instante, o locutor abriu o boletim com tom grave, dando a procedência do fato. " E atenção, Londres, urgente!"
E leu a notícia: " Acaba de falecer, esta manhã..." E aí, o som da voz dele foi suplantado por um enorme chiado, coisa comum naqueles grotões do sertão. Quando ficou audível novamente, ouviu-se claramente o nome da rainha Elizabeth. E acrescentou que a Casa Real Britânica declarara luto oficial de três dias.
Fui ouvir a gravação e não conseguia distinguir o que estava por trás do chiado de jeito nenhum. Chamei o narrador, Walter Sudário, para ouvir comigo e eu disse:
- Eu acho que foi a rainha que esticou as canelas. Vou datilografar rápido e vamos botar no ar esse furo.
Dito e feito. Pouco tempo depois da Globo, fomos nós no interior cearense os primeiros a noticiar a morte da (já) velha senhora.
O telefone tocou na redação. Corri para atendê-lo. Era doutor Lindenor Osterne de Oliveira, o diretor geral da emissora. No lugar do esperado elogio, ouvi um tremendo cagaço.
- Quem foi esse desgramado que mandou o Walter dá essa notícia. Quem morreu foi uma tia-avó da rainha da Inglaterra.
Engoli seco; mas era lá besta de dizer que tinha sido eu. Num era doido de me incriminar, logo na primeira semana de trabalho. Inventei que foi um rapazinho que ouviu, mas ele já tinha ido embora.
Resumo da obra - expressão bem expressiva para esse "imbróglio" -, tivemos que dar um extra corregindo a informação.
Não perdi o emprego, mas aprendi duas lições. A de que não se deve preocupar em dar furos, sem a completa certificação do fato. E a outra: que, depois que "matei" a rainha, a velha tem resistido um bocado. Dei sorte a ela.
Hoje cedo, o operador de áudio da Povo-CBN, Kiko Gomes, me ligou lembrando esse episódio e perguntando se eu nao havia recebido convite para as bodas do príncipe Harry com Meghan Martle.
- Não, respondi rindo. E ele acrescentou: "vai ver, que ela não te perdoou ainda por esse teu crime".

sexta-feira, 18 de maio de 2018

RÁDIO. Para onde vai mesmo o narrador Gomes Farias?


O rádio esportivo cearense anda cozinhando novidades em termos de mudança. E pelo que se pode depreender, no ano em que completa 60 anos de atividade radiofônica, Gomes Farias está prestes a trocar de microfones. O blog já discutiu isso aqui; mas hoje se deparou com uma postagem do bem informado repórter Paulo Cézar Karan, anunciando a saída de Farias da Verdes Mares para a "Band FM e Cidade AM", no que se constitui um equívoco. 

Foi o internauta, Paulo Junior quem primeiro alertou Karam para o engano, "Faria mais sentido se fosse Jovem Pan News, que ocupará a frequência 92.9 e Cidade AM, pois ambas são do Grupo Cidade", o que é o correto. Agradecido, Karam não tardou em reconhecer o erro: "É, realmente é a Jovem Pan". 

Mas essa história de mudança do Farias do prefixo que o tornou famoso é tão antiga que, até os torcedores do narrador, não a engolem mais. Acham que seja informação requentada e ressurge, segundo o próprio Karam, por não ter sido escolhido para ir à Copa do Mundo. 

Na verdade, desde que o narrador Antero Neto passou a ser o cabeça da equipe, segundo fontes do SVM, o antigo titular não teria digerido bem essas mudanças; Ele até me confirmou, uma vez, ter recebido propostas de outros prefixos, mas sem fechar nenhum acordo. 

Eu jogo minhas fichas nessa informação do Karam. Farias  deve ir para o grupo Cidade. Afinal, como diz o dito popular: "novos ventos, nova brisa, novos ares. Outros mares".

TV. Falcão e seu "Leruaite" em vias de retornar à antiga casa

O dito popular de que "o bom filho à casa torna" está em vias de acontecer. E na TV cearense. É a volta do programa 'Leruaite'' ao seu antigo domicílio. 

O cantor cearense Falcão, que ao longo de um bom tempo teve seu nome ligado à TV-C, está prestes à retornar ao programa de entrevistas que tem a sua cara e a do Ceará. 

Um passarinho me contou o que já se esperava. que Falcão está de volta à emissora, depois de trocá-la pela TV Diário. 

A reentré será no próximo mês de junho, aproveitando o novo timing da emissora oficial do governo cearense, que passa por reformas na grade e que eu classificaria como importantíssimas. Nesse ponto, o responsável tem nome: Adriano Muniz, que tem se revelado ser um gestor de talento e capacidade. 

MÍDIA. Antiga tese de Tolstói prova o eterno valor do regional

O velho Liev Tolstói já tinha noção do que, muitas vezes, a gente esquece. Valorizar o micro em razão do macro sempre traz bons resultados. Disso, Lizt (Franz, o músico clássico) deduzia. Tanto que suas 'Rapsódias Húngaras' buscavam nas raízes de sua terra o seu melhor trato. O nosso Villa-Lobos tornou famosas no mundo as cantigas de rodas brasileiras. E assim acontece com tudo. Eu, particularmente, tenho tido provas de como a tese do "quintal de Tolstói" funciona. 

Quando faço postagem de assuntos da mídia local, o acesso de leitores é bem maior do que as informações relacionadas ao plano nacional ou internacional. O registro do Blogger, em relação a isso, é incomparável. Notícias do rádio, tv, jornais e mídia cearenses tem mais ressonância do que qualquer outra coisa. Por isso, o GENTE DE MÍDIA faz questão desse registro. Até para ser grato aos nossos leitores. 

ESTRANHO: SVM não leva Fábio Pizzato com equipe da Copa

O Sistema Verdes Mares passa por um novo momento. A alta cúpula trabalha nos últimos meses a integração do jornalismo da empresa. Isso significa que todos os funcionários vão trabalhar, produzir conteúdo para o SVM, que vai utilizar cada reportagem ou entrevista onde bem entender, priorizando ora a Rádio Verdes Mares, ora o G1, ou a TVM ou a TVD e assim por diante. Porém é de se estranhar o que o SVM planeja para a Copa do Mundo da Rússia 2018. 




A Verdinha é a única rádio do NE que adquiriu junto a FIFA os direitos de transmissão da Copa e vai mandar para a Rússia uma equipe. Os profissionais vão cobrir os jogos do Mundial e o passo a passo da Seleção Brasileira. E o time escalado é somente da Rádio VM. 

Nem o maior nome dessa área no SVM, o Fabio Pizzato, que desde 2016 é o chefe de esporte da TV Verdes Mares, está nesse projeto Copa para acrescentar experiência e cara nacional à cobertura na TVM, além de emprestar talento aos outros veículos, como no passado fazia Paulo César Norões. Perderam uma grande chance.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

ELTON JOHN cantará no casamento de Harry e Meghan

Elton John vai cantar para o príncipe Harry e Meghan Markle durante a recepção em homenagem ao seu casamento no sábado no Castelo de Windsor . Isto foi revelado pelo site de fofocas americano TMZ. O anúncio sobre Elton John, imediatamente repercutiu na mídia do Reino Unido e do resto do mundo.

CLAUDIA CARDINALE diz não se lembrar dos filmes que fez

Fãs de cinema com mais de 50 anos devem lembrar de Claudia Cardinale, a musa de Luchino Visconti, Federico Fellini e Sergio Leone. Em abril último ela completou 80 anos e disse à imprensa não se lembrar dos filmes que fez.  O que muitos não sabem é que, Claudia não era italiana. Tem origem africana. Na verdade, ela nasceu na Tunísia, com o nome de Claude Josephine Rose Cardinale, filha de pais sicilianos. 

Viveu em Paris por décadas, embora reivindicasse sua identidade italiana: "Nem francesa nem tunisiana, me sinto especialmente italiana".  
No país africano, ela deu seus primeiros passos como atriz, graças à insistência de seu pai e do encontro fortuito com o diretor francês Jacques Baratier, que foi cativado por sua beleza depois de deixar a escola. "Ele veio e me disse que se eu quisesse, ia fazer um filme, fiquei com medo e fugi", lembra. "Então ela conversou com o diretor da escola e meu pai, que finalmente me convenceu, mas eu não queria ser atriz, queria ser uma exploradora, viajei muito pelo mundo afora que parcialmente cumpri meu sonho".


Em 1958, a família Cardinale retornou à Itália. Em Roma, a atriz começou a estudar no Cinematography Experimental Center, mas o mundo do celuloide ainda não a convence. Seu forte sotaque francês condicionou seus primeiros trabalhos e teve que dublar a maioria dos filmes.














































Nesse mesmo ano estreou Os estranhos de sempre , Mario Monicelli, que fez conhecido ao público em geral.

Com Rocco e Seus Irmãos (1960) e O Leopardo (1963) Luchino Visconti, ou a obra-prima de Federico Fellini Oito e um meia (1963), a atriz tornou-se protagonista essencial do cinema italiano da época e Hollywood não Demorou um pouco para bater na sua porta . 

"Eu fiz muitos filmes na América, mas eles queriam estabelecer-me a viver lá e eu teria não. Eu disse que era Europeu e eu queria para viver na Europa." Mais de 60 anos de carreira e mais de 150 filmes para o seu crédito , Claudia Cardinale tem lutado secamente rumores sobre seus supostos romances com atores como Alain Delon, Burt Lancaster, Jean Paul Belmondo e Marcello Mastroianni, que ao final de sua vida confessou ter sido loucamente apaixonada por ela.  

ORIGINAL La Otra Cronica

MÍDIA. Repóteres estão de plantão para casamento real

É incrível como o casamento da realeza da Inglaterra mobiliza a imprensa. Repórteres fotográficos de todo o mundo já estão de plantão para pegar os melhores flagrantes na cerimônia que vai unir o príncipe Harry e a afro-americana Meghan Markle. 



RÁDIO. Campo Maior destaca a postagem do GENTE DE MÍDIA



SEGURANÇA. Banco deixa vazar dados de 300 mil clientes

Agora falando sério: você considera que a senha do seu banco seja realmente segura? Alguns correntistas estão com a pulga atrás da orelha, depois do vazamento de informações de clientes do Banco Inter. 

Segundo o site TecnoBlog, "o caso, que é investigado pelo Ministério Público, ganhou mais um capítulo depois que um certificado digital da instituição financeira foi revogado. O motivo alegado é o comprometimento da chave de criptografia privada, o que coloca mais dúvidas sobre as práticas de segurança do banco".

Tudo começou quando o TecMundo informou que recebeu um arquivo criptografado de 40 GB com informações pessoais de 300 mil clientes do Banco Inter. Entre as informações, estão dados cadastrais como senha, código de segurança (CVV), e-mail, telefone, documentos, declarações de imposto de renda e fotos de cheques para compensação via aplicativo.


JORNAIS. Mídia Mundo faz comparativo do Povo e Diário


RÁDIO. Campo Maior é exemplo de AM que supera a crise

Rádio AM, hoje em dia, significa dor-de-cabeça para alguns empresários que não o sabem conduzi-lo. Por isso, anda caindo pelas tabelas em termos de audiência. Mas há exceções que fogem a essa obtusa regra, como o de uma emissora de Quixeramobim, no interior do Ceará. A Campo Maior, que tenho o prazer de acompanhá-la via internet, revela o segredo de como superar a crise e revelar um trabalho de nível - bem melhor até do que algumas AM da capital. 

A programação da emissora se dedica ao rádio-jornalismo. E o faz de maneira que chama atenção, principalmente, pela seriedade com que o trabalho é conduzido. Reportagens, entrevistas, informações e prestação de serviço, tudo feito com critério e habilidade. 

Na parte da manhã, o apresentador Fabiano Barros faz rádio AM, sem precisar desembocar para o besteirol que, ainda hoje, emissoras até mesmo em Fortaleza tentam se sustentar. Isso, provavelmente, se deve a uma boa gestão. A compreensão de que, nos dias atuais, não se pode fazer mais rádio com piadas de mau gosto, tomar o tempo do ouvinte com conversas paralelas (principalmente com pessoal do estúdio), e atendimento ao ouvinte para bate-papo, maioria das vezes, sem importância para quem está ligado. 

Um outro item importante, nessa retomada do rádio AM, é a transmissão 'live', via internet. Hoje nenhum veículo funciona sem a ajuda desse importante canal, Mesmo as FM que se dedicam ao jornalismo precisam dessa conexão. 

É hora de dirigentes de emissoras AM daqui de Fortaleza e de outras cidades, tomarem a Campo Maior como exemplo. E, certamente, o rádio vai agradecer o futuro que isso lhe aponta. 

NOMES. Eloísa Mafalda era um rosto familiar do público


E lá se foi a atriz Eloísa Mafalda. Famosa pela "Dona Pombinha Abelha" de "Roque Santeiro". Ela morreu ontem em Petropólis aos 93 anos. Rosto bem familiar do público brasileiro, ela foi a primeira dona Nenê, de "A Grande Família", papel que seria interpretado depois pela atriz Marieta Severo.

Eloísa Mafalda começou sua carreira em radionovelas da Rádio Nacional. Ela fez sua estreia na TV Paulista, onde ficou até a emissora acabar e ser vendida para a Rede Globo. Na emissora, ela interpretou papéis como a Dona Nenê da primeira versão de "A Grande Família"; a Maria Machadão de "Gabriela"; Gioconda Pontes em "Pedra sobre Pedra" e Manuela em "Mulheres de Areia".

RÁDIO. Do Ceará, a Verdinha será a única na Copa da Rússia

Única emissora cearense a cobrir a Copa do Mundo diretamente da Rússia, a Verdes Mares de Fortaleza vai montar sua equipe com Antero Neto, Kaio Cézar, Mário Kempes, Daniel Rocha e o operador Altenir Barbosa (o Mossoró). 

quarta-feira, 16 de maio de 2018

COPA DO MUNDO. Terror ameaça a Copa do Mundo 2018

O Estado Islâmico (ISIS na sigla original) está ameaçando ir à Copa e atacar torcedores e jogadores, entre os quais Messi e Cristiano Ronaldo. Os atletas são vistos em  uma propaganda com suas cabeças cortadas em um estádio lotado de combatentes jihadistas mascarados sob a legenda: "a terra está cheia de teu sangue".





Visto em https://bit.ly/2GopsIQ

REFLEXÕES de vida para quem atua na área jornalística